Blog

Lições para a vida

Eu tenho feito uma tremenda pesquisa para identificar o que poderia ser dito e ensinado para melhorar a vida das pessoas. Afinal de contas, este é o propósito do Programa Second Chance. E o mais incrível deste trabalho é que cada Mestre aponta para outro Mestre. Neste momento, estou dedicado à vida e à obra de Jim Rohn, que treinou mais de 4 milhões de pessoas ao redor do mundo, inclusive jovens adolescentes. Isto mesmo! Era muito comum encontrar jovens em seus Seminários. Rohn tinha enorme interesse em transmitir seus conhecimentos para eles, pois acreditava num mundo melhor e mais justo.

Segue aqui um pouco do que aprendi com uma das pessoas que causaram profundo impacto em minha vida. Qualquer agradecimento que eu fizer a este homem, já falecido, não será digno do benefício que ele fez a mim e a todos aqueles que se propuseram a estudar os seus ensinamentos.

Por isso, para homenageá-lo compartilharei um pouco da sua Filosofia…

Existem meia dúzia de coisas que fazem 80% da diferença em nossas vidas. A diferença entre o sucesso triunfante e o amargo fracasso.  Muitas pessoas almejam o sucesso, mas não entendem que ele está relacionado ao tamanho do nosso compromisso em procurar se aperfeiçoar, estudar e aplicar esta meia dúzia de coisas…

1 – Aprenda a ser feliz. Felicidade é atividade com propósito. É amor na prática. É tanto o óbvio, quanto o mistério.

2 – Discipline-se. Disciplina é o ingrediente mais crítico. É a chave-mestra que abre as portas da riqueza e da felicidade. A cola que une inspiração à realização. A ponte entre o pensamento e o cumprimento. Todos nós devemos sofrer de uma destas duas dores: a dor da disciplina ou a dor do arrependimento. A diferença entre as duas é que a disciplina pesa gramas, enquanto o arrependimento pesa toneladas.

3 – Abrace a mudança. A não ser que você mude como você é hoje, você sempre terá o que sempre teve. Você pode mudar tudo para melhor, quando VOCÊ mudar para melhor. Você não pode mudar seu DESTINO da noite para o dia, mas pode mudar a sua direção.

4 – Viva bem. Não aprenda somente a ganhar. Aprenda a viver. Uma boa vida não é quantidade. É uma atitude, é um ato, é uma idéia, é uma descoberta.

5 – Lembre-se sempre de que a vida vale a pena se você tentar. Tentar fazer progressos. Tentar o seu melhor. A vida vale a pena se você DOAR. Doar inicia o processo de receber. A vida vale a pena se você planejar. Planeje sua vida ou alguém fará isto por você.

6 – Agora a parte de que mais gosto… Deixe os outros levarem vidas pequenas, mas não VOCÊ. Deixe os outros brigarem por coisas pequenas, mas não VOCÊ. Deixe os outros chorarem por pequenas feridas, mas não VOCÊ. Deixe os outros colocarem seus futuros nas mãos de outras pessoas, mas não VOCÊ.

Para terminar este post deixarei um pensamento de outro Mestre e grande amigo de Rohn. Brian Tracy me ensinou que:

“Uma vida inteira logo vai passar, mas aquilo que é feito com AMOR para sempre vai durar.”

4 Comentários »

  1. Cláudia Maia disse:

    Julio, que lições ricas que o mestre Rohn nos deixou e que você tem aproveitado tão bem. Realmente, o caminho da mudança envolve, necessariamente, a disciplina. O viver bem tem muito mais itens, sem custo algum, do que a maioria das pessoas pensam…Parabéns, gostei muito e os seus posts tem sido de grande valia para despertar interesses e questionamentos valiosos para o processo de mudança pessoal.

    Dra. Claudia Maia
    Psicóloga, especialista em Hipnose Ericksoniana

    • Julio Panzariello disse:

      Olá Cláudia!

      É uma honra recebê-la aqui. E saber que você está gostando me enche de energia, no sentido de procurar cada vez mais informações que possam contribuir e transformar a vida das pessoas.

      Muito obrigado!

  2. Ana Claudia Nardiello disse:

    Julio, realmente não há meios de adquirirmos um crescimento espiritual e material, sem o cumprimento desses valores e princípios que nos são apresentados acima. Eu sempre tive em mente, que aqueles que não querem viver energicamente, os que fogem á luta, são tratados pela natureza como se não vivessem, realmente. A seleção natural não tolera indivíduos de segunda categoria. Gostei muito quando você descreveu a felicidade, eu penso que jamais poderíamos ser felizes se não nos amarmos verdadeiramente. Gostei também quando você fala sobre doação. É doando que se recebe. Brian Tracy foi genial quando falou: “Uma vida inteira logo vai passar, mas aquilo que é feito com AMOR para sempre vai durar.” Para mim a eternidade começa aqui nessa vida e depende de cada um de nós fazermos nossas escolhas. “O meio mais seguro de tornar-nos agradável à vida é fazê-la feliz para os demais”. Mais uma vez obrigada!

    Ana Claudia Nardiello

    • Julio Panzariello disse:

      Excelente Ana! Realmente, excelente a sua contribuição! Fico muito feliz e grato por cada palavra que escreveste. Vejo que sabedoria e espiritualidade não faltaram. De coração, muito obrigado!

Postar um comentário