Blog

Confira 5 dicas para enfrentar a crise econômica brasileira

Publicação 23 fev 2016 II by JS Treinamentos & CoachingA crise econômica brasileira impacta diretamente no andamento dos negócios. No dia 30 de julho de 2015, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central do Brasil, voltou a elevar a taxa de juros básica, a Selic. Dessa vez, a taxa passou para 14,25% ao ano. Segundo o Banco Central, a manutenção desse patamar da taxa básica de juros, por período prolongado, é necessária para a meta no final de 2016.

Diante do cenário da crise econômica brasileira, é inevitável que empreendedores de alguns setores tenham seus negócios afetados. Por isso, vale a pena seguir alguns conselhos para tentar contornar o cenário. Veja abaixo cinco dicas importantes para colocar em prática em seu negócio.

Observe seu portfólio de produtos

O gerenciamento do portfólio de produtos é fundamental em momentos de crise. Observe seus números de vendas e veja quais produtos estão vendendo conforme o planejado e quais estão abaixo da meta. Ao verificar quais são os que não vão bem, elimine-os do seu portfólio para evitar prejuízos. A matriz BCG pode ajudar você a determinar o ciclo de vida de um produto.

Otimize processos

Otimizar processos é importante diante de qualquer cenário, mas em meio a crises tomar medidas para aumentar a eficiência ganha ainda mais relevância. Pequenos ajustes na rotina produtiva podem representar economias importantes no final do balanço financeiro. Adotar sistemas de softwares de vendas e CRM também pode ser útil, já que eles podem minimizar a margem de erros.

Enxugue o estoque

Aqui, vale seguir os mesmos passos da dica anterior. Otimizar o processo de gestão de estoque, através de softwares voltados para esse fim, pode ajudar você a cortar custos e lidar melhor com a crise econômica brasileira. Se sua empresa passou a vender menos diante desse cenário, não há motivos para manter a mesma quantidade de produtos armazenados. Isso só vai gerar mais prejuízo.

Prepare-se para reduções

Antecipar os movimentos diante do cenário de crise econômica pode ajudar você a sentir menos os impactos. Se você estiver preparado para a situação, conseguirá agir com mais liberdade e distribuir o orçamento de maneira correta. Saiba que você terá reduções de vendas, e isso deve ser previsto na hora de traçar o planejamento anual, por exemplo.

Renegocie dívidas

Mesmo que você ainda não esteja sentindo os impactos da crise econômica brasileira, renegociar as dívidas com bancos e fornecedores pode fazer com que você ganhe uma brecha importante para não ficar no limite financeiro. No entanto, se você estiver com as contas no vermelho, a renegociação torna-se fundamental para a sobrevivência do seu negócio diante do cenário de crise.

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, deixe um comentário abaixo e contribua com a troca de ideias. Não esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos nas redes sociais.

Fonte: destinonegocio.com

Sem comentários.

Postar um comentário